30/03/2014

Sofrimento



O sofrimento deixa de o ser no momento em que se lhe descobre um sentido.



Sylvia Browne [Sylvia Celeste Shoemaker] (1936 – 2013)

Autora norte-americana de renome mundial, com perceção extrassensorial, fez e participou em programas de rádio e televisão e ajudou pessoalmente milhares de pessoas, fazendo uso de grande parte do seu tempo para trabalhos com organizações humanitárias.



SOFRIMENTO



Génese de um conflito normal…

Lamento, angústia, aborrecimento…

Até ao clímax de um temporal,

Espraia-se um mar de sofrimento.



A mente, sempre em qualquer momento,

É motor de transformação real,

Ascendente de desenvolvimento,

Fim da frustração existencial.



Com anúncio do tempo do advento,

Na íntima escolha, ponto fulcral,

Compreender o sofrer dá alento.



Encontrado o sentido natural,

Sofrer… é estar de alegria sedento

Numa plenitude de paz geral.



© Jorge Nuno (2014)