04/06/2015

Aroma do Além

AROMA DO ALÉM

Nasci com o aroma do Além,
Dei os primeiros passos no querer
Intuído por ilógico saber
Na procura do caminho do bem.

Lancei sementes, reguei-as com crer,
Colhi o grão e levei-o à moagem.
Parti pedra, em degredo de coragem,
Construí o que hoje é o meu ser.

Mastigo o pão nosso de cada dia,
Enquanto gozo o sabor da viagem
Guiado p’las mãos da sabedoria.

Sentirei esse aroma do Além
Num sentido regresso de acalmia,
Após mais uma vida de vaivém.


© Jorge Nuno (2015)