21/08/2013

O Criador de Ilusão



Todos vivemos com a ilusão de que os outros, por fora, nos vejam como nós imaginamos ser por dentro. 

Luigi Pirandello (1867 - 1936)
Poeta, romancista e dramaturgo italiano, com vasta obra publicada. Foi um grande renovador do teatro, com profundo sentido de humor e grande originalidade. 
Obteve o Prémio Nobel da Literatura (1934).



O Criador de Ilusão



Ai… a firmeza na negação

E o medo da revelação,

A mentira como culto

Mantida em cofre oculto,

A vergonha dos defeitos

Sabendo-nos todos imperfeitos,

A culpa do que se fez

Transferida com desfaçatez,

O manto da ignorância

Bordado com rendas de elegância,

O rejeitar da fraqueza

Escondido com subtileza,

A crítica acirrada

De moralidade mascarada,

A falsa beatitude

Como uma pública virtude,

A passagem ao isolamento

Como um bom comportamento,

Uma montra de vaidades

Travestidas de qualidades,

O preconceito e a emoção

A minar a perceção,

A criação de aparência ilusória

Revivida com glória.



Ai… o criador de ilusão

Enganado pela sua criação!



© Jorge Nuno (2013)