27/06/2013

Olhar da Verdade

"A diversão pode basear-se na ilusão, mas a felicidade baseia-se apenas na verdade"
                                                                    Nicolas de Chamfort (1741-1794)
                                                                    Escritor e humorista francês


OLHAR DA VERDADE

Desativem-se os medos
Que turvam pensamentos e sentimentos,
Deitem-se abaixo os muros 
De proteção e proximidade
Que provocam amargo afastamento
Do que se quer
E de quem se quer,
Pois na defesa ou repressão
Consome-se energia
E adensa-se a nuvem.
Se o intelecto exige clareza
Sem impedir ou refrear sentimentos
Desmascarem-se os medos,
Retire-se o véu
Do que não se quer ver
E, com o olhar da verdade,
Ligue-se o motor da mudança
E como que por encanto
Dissipa-se a densa nuvem
E avistam-se novos caminhos.

Rabat (Marrocos), 9 de junho


© Jorge Nuno (2013)