13/09/2013

O Papel de Homem Total



O ganso da neve não necessita de tomar banho para se por de branco. Também você nada necessita de fazer excepto ser você mesmo.



Lao-Tsé (Aprox. Séc. IV a.C.)

Mítico filósofo chinês, alquimista, fundador do taoísmo.




O PAPEL DE HOMEM TOTAL



No palco, o homem-ator

Representa várias personagens

E quase sem se aperceber

Atira as inconvenientes

Para fora de cena,

Restringindo papéis

Na expetativa de ludibriar,

Impressionar o público

E na espera de obter encómios,

Ao não dar corpo ao vilão

Que poderia mudar

O rumo e final da história.



Como pano de fundo…

O cenário da evolução,

A alma em resgate

E um papel a representar.

Por opção pessoal,

Em suposta representação perfeita,

Como se não houvesse história

Repleta de conflitos,

Reprime sentimentos,

Oculta emoções

Mesmo debaixo dos holofotes

E, preso na narrativa,

Mascara os defeitos

Em impulsos descontrolados

Provindos do seu lado obscuro

E dá realce, com jeito,

Aos defeitos dos outros.



À boca de cena,

Com saberes construídos,

Na aceitação como é

Já vestido de autenticidade,

Há transformação do ator

Que em pose descontraída e de pé

Convida as personagens excluídas

A regressar ao palco da vida

E ajudar a desempenhar

O sábio papel,

Não de herói nem de vilão,

Mas de homem total.



© Jorge Nuno (2013)